Chapecó | 01.12.2016 | 08h52 Geral

Ivan Tozzo assume interinamente a presidência da Chapecoense e faz convite ao goleiro Nivaldo

O vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, informou em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira que vai assumir a presidência do time até o final do ano. Ele substitui o então presidente Sandro Pallaoro, vítima da tragédia com o avião que levava o time à Colômia. No entanto, Tozzo não confirmou se vai seguir no ano que vem, quando seria novamente vice-presidente na chapa reeleita. Compromissos com sua empresa acabam atrapalhando a rotina.

O vice-presidente do Conselho Deliberativo, Gelson Dalla Costa, disse que vai se reunir com Tozzo e o atual presidente do Conselho Deliberativo, Plínio Arlindo De Nês, para definir quem fica na cabeça. Gilson Vivian, do Conselho Consultivo, pode ser chamado para o Conselho Deliberativo, novamente.

O grande problema é o departamento de futebol. O ex-vice-presidente do clube, João Carlos Maringá, é um nome cotado. Resta saber se ele terá essa disposição após o recente falecimento da esposa. Quem deve ser chamado para o departamento de futebol é o goleiro Nivaldo. Após sair da coletiva, Gelson e Tozzo abraçaram o goleiro e choraram.

— Tu vai trabalhar comigo — disse Tozzo.

Nivaldo, que pretendia parar após completar 300 jogos pelo clube, disse que está disposto a ajudar, seja em campo, seja em outra função.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE