Chapecó | 22.06.2019 | 09h43 Justiça

Inquilino é condenado a 8 anos de prisão após atirar contra casal de idosos em Chapecó

O júri popular desta sexta-feira (21), realizado no fórum da comarca de Chapecó, foi de um réu preso, mas não pelo crime em julgamento.

Vitor Edemar Cocco cumpre pena por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. No Paraná, ele também cumpriu sentença por tráfico de drogas. E nesta sexta-feira Cocco foi novamente condenado, dessa vez por dupla tentativa de homicídio qualificado por uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. A sentença ficou definida em oito anos de reclusão em regime semiaberto. A nova condenação não interfere nas duas anteriores.

O crime
​A tentativa de homicídio aconteceu no dia 16 de março de 2011, por volta das 20h, no bairro Bela Vista, em Chapecó. De acordo com a denúncia apresentada, o casal de idosos estava na parte externa da casa quando foi alvejado por disparos de fogo. A mulher foi atingida com um tiro nas costas. Um projétil ricocheteou e atingiu o homem, sem causar lesão. Ele machucou os joelhos ao se jogar no chão a fim de escapar das balas.

​A desavença teria sido motivada porque o acusado, Vitor Edemar Cocco, levou cães para um imóvel do casal. Os donos também desconfiaram que o imóvel estava sendo usado como ponto de vendas de drogas. A casa foi alugada pelo período de um mês e, passados os 30 dias, ele não quis desocupar a residência. Os envolvidos discutiram, a polícia foi chamada e Cocco se retirou, mas retornou à noite e efetuou os disparos contra as vítimas.

Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó

15e11a4a 4455 4393 a049 85814d81c1bb