Chapecó | 05.01.2019 | 21h05 Polícia

Indígena é preso por estrupo depois de ser denunciado pelo Cacique da aldeia

A Polícia Civil, por meio da DPCAMI Chapecó, prendeu na sexta-feira, dia 4, A.M., de 30 anos, de origem indígena pelo crime de estupro.

No dia 15 de novembro de 2018, A.M. deu carona para a jovem S.M., 21 anos, quando então parou o carro e estuprou a moça.
Os fatos foram presenciados por outros dois rapazes, que chegaram a tentar impedir o autor de praticar o crime, mas foram ameaçados por ele.
A vítima, uma jovem também indígena, convivia em relação homo afetiva com outra moça, sendo que por ocasião do crime, o autor prometeu que também estupraria sua companheira.

Dias após os fatos, o autor foi expulso da aldeia onde habitava, tomando rumo ignorado.

A Policia Civil foi comunicada dos fatos pelo Cacique da aldeia e membros da Funai, representou a prisão preventiva do autor, logrando êxito em localiza-lo e prende-lo na ultima sexta, dia 04, encaminhando-o ao Presidio Regional.

O Inquérito Policial que investigou os fatos já foi concluído e remetido ao Poder Judiciário.

Fonte: POLÍCIA CIVIL