Concórdia | 12.11.2019 | 11h50 Polícia

Homem que matou por dívida de R$ 20,00 tem pedido de Habeas Corpus negado e vai permanecer preso em Concórdia

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina negaram um pedido de habeas corpus para um homem condenado ao cumprimento de 13 anos e 4 meses de cadeia por homicídio em Concórdia. A defesa do réu argumentou no pedido que o apenado vem sofrendo constrangimento ilegal, além do mais, ele teria respondido ao processo em liberdade.

No entanto, no entendimento dos desembargadores, o réu deverá permanecer preso cumprindo as determinações da justiça. Ele é condenado por ter assassinado um homem no Bairro Santa Cruz. O crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 20,00 em uma boate, segundo a denúncia feita pelo Ministério Público. De posse de um facão foram desferidos vários golpes. A vítima ainda foi agredida com pedras, culminando com a sua morte.

Fonte: ATUAL FM