Santos | 09.07.2018 | 12h30 Trânsito

Homem morre ao apilotar moto a 130 km/h


Policiais militares encontraram o contagiros de uma moto esportiva, cujo condutor, de 36 anos, morreu após colidir contra a traseira de um carro. Segundo apurado, o ponteiro estava travado em 130 km/h. O acidente aconteceu em uma área residencial de Praia Grande, no litoral de São Paulo, cujo limite máximo de velocidade da via é de 50 km/h.

A colisão ocorreu na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Mirim, durante a tarde de sábado (07). Informações preliminares apuradas pela polícia indicam que a vítima fatal não conseguiu desviar de um veículo de cor vinho, na altura da Rua José Demar Peres, quando o automóvel acessava o retorno da pista.

O forte impacto fez com que o motociclista fosse lançado na pista e o carro parasse após atingir um poste, nas proximidades. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas, mas já encontraram o condutor da moto sem vida.

O motorista do carro atingido sofreu ferimento leves, ainda segundo informações oficiais. A moto esportiva, avaliada em mais de R$ 50 mil, ficou parcialmente destruída na pista, que precisou ser bloqueada para realização da perícia da Polícia Civil, que vai atestar a real velocidade do veículo.

O contagiros e outros equipamentos foram apreendidos para análise. O caso foi encaminhado para a Delegacia Sede, por onde será investigado. O corpo da vítima, identificado como Luiz Carlos da Costa Carvalho, de 36 anos, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade, e liberado na noite de sábado (06). Ele deixa a esposa e três filhos, e será velado e sepultado em São Bernardo do Campo (SP).

De acordo com a Prefeitura de Praia Grande, o trânsito precisou ser desviado temporariamente pelas ruas Raja Atique, Nestor Ferreira Rocha Júnior, e Teresa de Jesus Monteiro Corralo, até retornar para a avenida. Ainda na noite de sábado, o local já havia sido liberado ao tráfego de veículos.


Fonte: G1