Campo Belo do Sul | 15.07.2019 | 10h00 Polícia

Homem é suspeito de matar ex-sogra e ferir ex-esposa e filho em Campo Belo do Sul

Carlos Jeferson Martins dos Santos, 40 anos, teria invadido a residência da ex-esposa, Jane Jalbert Mota Alves, 35 anos, em Campo Belo do Sul, na madrugada deste sábado (13). Segundo informações da Polícia Civil, ele esfaqueou a ex-sogra, Juraci de Fátima Alves, 60 anos, no abdômen, que tentou impedir ele de agredir a filha. Ela foi socorrida pelo Samu, mas faleceu a caminho do hospital.

Ele é suspeito de ter esfaqueado a ex-esposa no rosto e em outras partes do corpo, e também teria agredido o filho de 15 anos. Ambos estão internados no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Segundo informações extraoficiais, ele não aceitava o fim do relacionamento.

A PM foi avisada por Jane do crime e encontrou várias pessoas da comunidade tentando conter Santos, próximo a igreja matriz da cidade. Os policiais precisaram usar a força para prendê-lo, por ser o principal suspeito do crime de feminicídio contra a ex-sogra, tentativa de feminicídio contra a ex-mulher e tentativa de homicídio contra o filho. Ele foi encaminhado para o Presídio Regional de Lages com ferimentos provocados pela população.

De acordo com o delegado titular de Campo Belo do Sul, Raphael Bellinati, o homem tem antecedente criminal por violência doméstica cometida contra Jane. O delegado conta que ela não quis representar contra ele, na última semana. “A culpa nunca é da vítima, mas esse é o segundo caso, em que a vítima não quer representar contra o agressor com o objetivo de receber medida protetiva, e, depois ele comete feminicídio”.

O delegado explica que com a medida, o homem não poderia nem chegar perto dela. “No início do ano, uma mulher que era vítima do companheiro, não representou e depois infelizmente, ele matou ela”, lembra.

Fonte: CORREIO LAGEANO