Chapecó | 07.10.2017 | 13h26 Polícia

Homem é suspeito de matar companheira a tiros e tirar a própria vida em Florianópolis

Delegacia de Homicídios da capital investiga mortes que ocorreram em apartamento na tarde de sexta.

Uma mulher de 32 anos foi morta a tiros dentro de casa em Florianópolis na tarde de sexta-feira (6). Segundo a Delegacia de Homicídios da capital, o suspeito é o companheiro dela, de 34 anos, que cometeu suicídio após o crime.

“Eles viviam em união estável e sempre brigando”, diz o delegado Enio de Oliveira Matos.

O caso ocorreu por volta das 14h em um apartamento na Serrinha onde a mulher morava. Segundo a Polícia Civil, vizinhos acionaram a PM após ouvir tiros. Quando chegou ao local, a polícia encontrou Selma Rapschinski Ferreira e Leandro Magalhães sem vida.

De acordo com o delegado Matos, o homem teria dado dois tiros na mulher e depois atirado contra a própria cabeça.

Os dois moravam em casas separadas. A Polícia Militar informou que o casal estava em processo de separação.

Ainda segundo a polícia, Selma não ia trabalhar há dois dias e era ameaçada pelo companheiro. A Delegacia de Homicídios não soube informar se ela estava sendo mantida a força em casa por Leandro durante os dias que faltou ao trabalho, em um salão de beleza.

O casal tem um filho de seis anos que estava na escola. Os dois eram de Londrina (PR) e moravam em Florianópolis desde o início do ano, segundo a Delegacia de Homicídios.

Fonte: G1