Pato Branco | 07.11.2019 | 12h20 Geral

Homem de 48 anos morre após ser picado por aranha em Pato Branco

Um homem morreu após ser picado por uma aranha marrom em Pato Branco, no sudoeste do Paraná, nesta terça-feira (05). Luciano Marchioro, de 48 anos, estava dormindo quando o incidente aconteceu.

De acordo com familiares da vítima, o homem chegou a identificar que havia sido picado pelo animal, mas achou que estava tudo bem e não foi imediatamente ao hospital.

Entretanto, logo depois de três dias, o veneno da aranha marrom acabou atingindo as pernas da vítima, além do funcionamento dos rins.

Em estado grave, Luciano foi encaminhado ao hospital, e ficou internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas infelizmente não resistiu e veio a óbito nesta quarta-feira (06).

Conforme Rodrigo Marchioro, filho de Luciano, o pai foi picado pela aranha, e a demora acabou contribuindo diretamente para sua morte.

“Acabou que a infecção acabou se espalhando, e nisso ele achando que era uma virose ou algo do tipo, ele foi deixando, deixando… e foi quando no último momento ele já estava com a perna inchada, e já tinha se espalhado, parado os rins. Ele tinha ficado mais ou menos três dias sem urinar, e não tinha mais escapatória”, relatou Rodrigo.

Além disso, bastante abalada a mãe de Luciano também contou à equipe da RIC Record TV que o filho se recusou a ir ao médico.

“Uma pessoa que não aceitava ir ao médico, ele não gostava. Aí ele esperou demais e ficou tarde demais. Gente, observem, cuidem… observem seus familiares e cuidem… e corram para o pronto atendimento. Não esperem”, finalizou.

Fonte: RIC MAIS