Chapecó | 08.07.2019 | 17h50 Polícia

Grupo que aplicou mais de R$ 3,5 milhões em golpes é desmantelado no Oeste

Quadrilha que atuava em Santa Catarina e no Paraná é desmantelada pela Polícia Civil através da Operação ICEBERG. As investigações realizadas pela Delegacia de Polícia de Fronteira de São Lourenço do Oeste, deram cumprimento a quatro mandados de prisão temporária e, a oito mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (08).

A Operação da Polícia Civil visa apurar o crime de associação criminosa voltada a prática de estelionato e lavagem de capitais.

As investigações começaram após a notícia de que duas pessoas presas temporariamente estavam utilizando um estabelecimento comercial para a prática de diversas fraudes nas cidades de São Lourenço do Oeste, Pato Branco/PR e Chapecó, entre outras dos Estados catarinense e paranaense.

Outras duas pessoas também foram presas temporariamente na Operação Policial desta segunda, eles são suspeitos de terem participação na associação criminosa, já que vinham prestando auxílio direto na ocultação dos produtos dos crimes, bem como na ocultação do patrimônio vinculado aos demais coautores e de um grupo comercial.

As ocorrências registradas até o momento, indicam que os suspeitos causaram às vítimas, um prejuízo superior a R$ 3,5 milhões.

As prisões temporárias, têm o prazo de cinco dias e foram decretadas como medida imprescindível para a investigação policial, possibilitando a colheita de provas, além de serem necessárias para que não haja qualquer meio dos investigados atrapalharem as investigações.

As buscas foram cumpridas nas cidades de São Lourenço do Oeste, Vitorino/PR, Quilombo e Chapecó. Três caminhões com mercadorias e mais um barracão com milhares de produtos escondidos, além de nove veículos entre carros, caminhões e uma motocicleta, foram apreendidos.

As contas bancárias dos envolvidos foram bloqueadas, com o objetivo de assegurar os efeitos da condenação, além da reparação de eventuais danos a serem verificados no curso da investigação.

A Operação Policial contou com a presença de mais de 30 policiais civis, todos da Regional de São Lourenço do Oeste. Os presos foram encaminhados para os Presídios de Xanxerê e Chapecó.

Fonte: POLÍCIA CIVIL