Chapecó | 18.07.2019 | 19h58 Justiça

Grupo de traficantes é condenado a 53 anos de prisão e multa no Oeste

A sentença proferida pela Vara Única da comarca de Ponte Serrada, condenou cinco homens e uma mulher pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. A investigação dos crimes teve início em 2014. Somadas as penas, a condenação totalizou 53 anos, nove meses e 10 dias de prisão. Quatro deles cumprirão a reprimenda em regime inicial fechado e outros dois, em regime semiaberto.
A decisão prevê, ainda, que todos os acusados devem pagar multas que, somadas, totalizam R$ 251.983,20.

O chefe do esquema de venda e distribuição de crack e cocaína teve a maior condenação, 13 anos, um mês e 10 dias, além de multa de R$ 63.409,20. De acordo com a denúncia apresentada, ele e a esposa vendiam a droga na residência do casal, no bairro Cascatinha, em Ponte Serrada. Dois homens entraram no negócio como capangas, com funções de distribuir e cobrar dívidas.

Outro homem começou a supervisionar a comercialização das drogas em um bar, e logo um segundo estabelecimento foi alugado para venda dos entorpecentes, administrado por pai e filho que ingressaram no grupo. O jovem, inclusive, realizava e comandava furtos na região para trocar os objetos subtraídos por drogas. Os agentes estavam presos preventivamente desde abril de 2018.

Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó