Chapecó | 24.03.2018 | 10h48 Saúde

Governador Eduardo Pinho Moreira recebe confirmação de R$ 100 milhões para a Saúde

Como resultado de sua primeira visita a Brasília, o governador Eduardo Pinho Moreira recebeu a confirmação, por telefone, do presidente da República, Michel Temer, nesta sexta-feira, 23, do repasse de R$ 100 milhões para atender demandas da Saúde em Santa Catarina. “Uma conquista necessária para Santa Catarina, fruto de um esforço conjunto, com o Fórum Parlamentar Catarinense, num momento em que precisamos equacionar as dívidas na área da saúde e, ao mesmo tempo, garantir o atendimento à população”, destaca o governador.

Eduardo Moreira esteve no dia 1º de março, na Capital federal, com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, acompanhado de integrantes do Fórum Parlamentar Catarinense, deputados Jorginho Mello, Rogério Peninha Mendonça e Carmem Zanotto, além do secretário da Saúde, Acélio Casagrande.

Os recursos garantidos, que serão repassados em dez parcelas de R$ 10 milhões, até o final deste ano, representam parte da dívida da União para com o Estado na área da Saúde, de um total de R$ 212.909.318, ao ano. “Tínhamos solicitado na nossa última visita o repasse emergencial de R$ 53 milhões. O rápido retorno do presidente, Michel Temer, mostra a sua sensibilidade com a situação de Santa Catarina. Seremos incansáveis na busca de soluções para a área da Saúde, buscando não só recursos para a dívida existente, mas, também, para investimentos no setor. Com responsabilidade queremos atender da melhor forma possível o povo catarinense”, ressalta Moreira.

Dívida do Governo Federal

Os serviços na área da Saúde, realizados sem a cobertura federal, causaram um déficit mensal de R$ 17.742.359,85, chegando aos R$ 212,9 milhões ao ano. O valor é resultado de um estudo feito em conjunto pelas equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, e por integrantes do Fórum Parlamentar Catarinense. O grupo analisou mês a mês a prestação dos serviços de alta e média complexidades do Estado e dos municípios e também o que foi repassado pela União.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Fonte: SC.GOV.