Concórdia | 01.02.2019 | 21h13 Justiça

Golpe do bilhete: Estelionatários são condenados pela justiça em Concórdia

A Justiça da Comarca de Concórdia condenou cinco pessoas que foram flagradas em maio de 2018 aplicando o golpe do bilhete premiado em um idoso do Município. Todos os envolvidos na ocorrência foram presos pela polícia e são da região de Passo Fundo/RS. De acordo com a sentença da juíza Tays Backes Arruda, três envolvidos, sendo um homem e duas mulheres, terão de cumprir dois anos em quatro meses de prisão. As penas foram substituídas por restritivas de direito.

Outras duas pessoas – um homem e uma mulher – também foram condenadas ao cumprimento de dois anos e oito meses de prisão com pena substituída por restritivas de direito. Na sentença, a juíza manteve na prisão um dos acusados por causa da reincidência e deslocamento para outros estados visando aplicar o golpe do bilhete premiado.

No total, foram condenados no processo dois homens e três mulheres que agiam em conjunto para aplicar o golpe do bilhete premiado. A vítima ainda terá de ser indenizada em R$ 5 mil, valor que foi repassado aos golpistas para garantir parte do prêmio de R$ 1,4 milhão.

O idoso de 68 anos foi abordado no centro de Concórdia pelos golpistas. Em um primeiro momento ele foi convencido a repassar R$ 5 mil. No dia seguinte, ele teria seguido até a agência do Banco do Brasil para sacar mais R$ 95 mil. Diante da situação e informada sobre o caso estranho, policiais Militares e Civis efetuaram a prisão do bando que é de Passo Fundo e estava aplicando golpe em Concórdia.

Um deles continua recolhido no Presídio Regional de Concórdia. Dois homens e duas mulheres respondiam o processo em liberdade. Ainda cabe recurso, já que se trata de uma decisão de primeira instância.

Fonte: ATUAL FM

15e11a4a 4455 4393 a049 85814d81c1bb