Chapecó | 17.10.2020 | 13h13 Geral

Fuga de André do Rap e dinheiro na cueca de senador marcam a semana

A semana que termina neste sábado (17 de outubro de 2020) foi marcada pela repercussão em torno da decisão que determinou a soltura do traficante André do Rap, líder do PCC (Primeiro Comando da Capital). Também figurou entre os destaques a operação da PF (Polícia Federal) que localizou mais de R$ 30 mil na cueca do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), então vice-líder do governo.

Alvo de operação da Polícia Federal na quarta-feira (14), o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), ex-vice-líder do governo no Congresso, escondeu dinheiro na cueca durante a abordagem dos policiais. A investigação apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso. Na ação, foram encontrados mais de R$ 30 mil dentro da cueca do senador. Barroso então determinou o afastamento, por 90 dias, do senador.

Um dos líderes da maior facção criminosa do país, que havia sido preso no ano passado em uma mansão de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, André do Rap recebeu um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal e foi solto no sábado (10). Horas após a soltura dele, o presidente do Supremo, Luiz Fux, revogou o habeas corpus e ele voltou a ser foragido da Justiça.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: R7.COM