Chapecó | 04.04.2019 | 07h24 Esportes

Figueira e Chape empatam. Avaí agradece

Ptonto esporte

A penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense foi toda realizada na noite de quarta-feira (3), no mesmo horário, 21h30. Na ponta de cima, Avaí, Chapecoense e Figueirense brigando pela primeira posição. Na intermediária, Marcílio Dias, Criciúma, Brusque e Joinville querendo a última vaga no G-4. E na parte de baixo, Metropolitano, Hercílio Luz e Tubarão lutando contra o rebaixamento. Uma rodada onde todos os jogos valiam alguma coisa.

No Orlando Scarpelli, em Florianópolis, Figueirense e Chapecoense se enfrentaram. O Verdão na frente pelo número de vitórias. E a partida não poderia começar melhor. Logo aos dois minutos, Gustavo Campanharo cobrou falta e o zagueiro Rafael Pereira, de cabeça, fez um a zero.

O time da casa empatou aos 11 minutos, com Matheus Lucas. Ele aproveitou cruzamento de Júlio Rusch, em escanteio, se antecipou e venceu o goleiro João Ricardo.
Após os gols o jogo seguia em ritmo mais lento e equilibrado. O Figueirense conseguiu a virada aos 35 minutos, com Betinho, que fez um golaço. Poucos minutos depois ele deixou o campo, com dores no joelho, para a entrada de Patrick. E os primeiros 45 minutos encerraram com a vitória parcial do Figueirense, por 2 a 1.

Assim como no primeiro tempo, a Chapecoense começou a etapa complementar balançando as redes. Márcio Araújo recebeu fora da área e, de longe, acertou um belo chute, empatando a partida. Mais um golaço no Scarpelli.

A segunda virada do jogo ocorreu aos 21 minutos finais. Augusto aproveitou a furada de Bruntetti e não perdoou, mandando a bola para o fundo do gol defendido por Dênis.
 
Além do novo treinador, outra estreia aconteceu na noite de quarta-feira.  Marcos Vinícius entrou no lugar de Aylon e vestiu pela primeira vez, em jogo oficial, a camisa da Associação Chapecoense de Futebol. Aos 41 minutos, mais um empate. Matheus Lucas, de cabeça, aproveitou cruzamento de João Diogo e fez três a três. Esse foi o placar final.

Domingo, dia 7, às 16h, tem Chape x Avaí, em Chapecó. O Leão da Ilha confirmou a melhor campanha e não perde mais o 1º lugar. Chapecoense e Figueirense ainda brigam pela 2ª colocação, para fazer a semifinal em casa, no dia 14. Uma semi será justamente essa, resta saber se em Chapecó ou Florianópolis.

Figueirense: 1)Dênis 2)Alemão Teixeira 31)Pereira 25)Brunetti 16)Matheus Destro 5)Zé Antônio 8)Betinho (Pratick) 14)Júlio Rusch (Guilherme) 17)Juninho (João Diogo) 11)Alípio 29)Matheus Lucas Técnico – Hemerson Maria

Chapecoense: 1)João Ricardo 2)Eduardo 33)Rafael Pereira 23)Douglas 6)Bruno Pacheco 86)Elicarlos 8)Márcio Araújo 10)Gustavo Campanharo (Rildo) 25)Yann (Augusto) 18)Aylon (Marcos Vinícius) 11)Victor Andrade Técnico – Ney Franco

Arbitragem: Luiz Augusto Silveira Tisne, auxiliado por Alexandre de Medeiros Lodetti e Maicon Lemos Alves

Cartões amarelos: Betinho, Juninho, Zé Antônio (Fig); Elicarlos, Rafael Pereira, Victor Andrade (Chap)

Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolis

Horário: 21h30 (Quarta-feira, dia 03/04/19)

Público: 4.759

Renda: R$ 71.278

RODADA
Figueirense 3×3 ChapecoenseMarcílio Dias 2×2 Hercílio LuzCriciúma 1×0 JoinvilleTubarão 2×0 MetropolitanoBrusque 0x4 Avaí

CLASSIFICAÇÃO

Avaí – 36
Figueirense – 32
Figueirense – 32
Criciúma – 24
Marcílio Dias – 24
Brusque – 20
Joinville – 20
Tubarão – 14
Metropolitano – 13
Hercílio Luz – 13

Foto: Chapecoense

Fonte: RÁDIO CHAPECÓ