Mondaí | 06.10.2018 | 08h30 Geral

Família comunica desaparecimento de caminhoneiro de Mondaí

A reportagem da Rádio Oeste esteve em contato, na tarde desta sexta-feira, 05, com Jaciane Limberger, esposa do caminhoneiro Gerson Muller, 33 anos, que não mantém contato com a família há cinco dias.

O último contato com o caminhoneiro, por telefone, foi na segunda-feira, quando ele estava em Altamira, no Pará.

Anteriormente, o caminhoneiro passou por São Paulo, foi em direção a Bahia e depois para o Pará, onde carregaria madeira. A família registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Mondaí na quinta-feira.

Jaciane relatou que estava com dificuldades de conseguir contato com a Polícia Civil do Pará, o que só foi possível na tarde desta sexta, quando o patrão do caminhoneiro conseguiu rastrear a localização do caminhão, que acusou que o veículo estava parado há dias em um posto de combustível no Pará.

O caminhão estava carregado de madeira. A polícia do Pará investiga o paradeiro do motorista.

Gerson dirigia um Volkswagen Constellation, cor amarela, placas de São Paulo, de uma empresa de Mogi das Cruzes. Caminhoneiro há 14 anos, esta é a primeira viagem que Gerson faz para a empresa. Ele reside em Mondaí com a esposa e dois filhos.

Qualquer informação sobre o caminhoneiro e o caminhão pode ser repassada à Polícia Civil de Mondaí pelo número 3674-0490

Fonte: REDE PEPERI