Chapecó | 27.03.2019 | 10h31 Geral

Família autoriza doação de córneas de Rafael Henzel

O jornalista Rafael Henzel, morto na noite de terça-feira, teve as córneas retiradas para doação. A família do profissional de 45 anos, vítima de um infarto enquanto jogava futebol em Chapecó, autorizou o transplante. A cirurgia de remoção foi realizada durante a madrugada desta quarta.

Henzel era um dos quatro brasileiros sobreviventes na tragédia aérea com a delegação da Chapecoense, em 2016, junto de Alan Ruschel, Jakson Follmann e Neto. O narrador da rádio Oeste Capital deixa esposa e um filho.

Com a morte, a prefeitura de Chapecó decretou luto oficial de três dias. Muito querido pela cidade por representar um laço com o clube, Henzel lançou em 2017 o livro "Viva Como se Estivesse de Partida". Na obra, ele fala sobre o acidente e a mensagem de importância à vida.

Nesta quarta-feira, a Chapecoense entra em campo contra o Criciúma, pela terceira fase da Copa do Brasil. O Verdão solicitou adiamento do jogo, inicialmente negado pela CBF. No entanto, o clube voltará a pedir a mudança e conta com o apoio do Tigre.

Foto:Sirli Freitas/Chapecoense

Fonte: GLOBO ESPORTE