Chapecó | 16.03.2017 | 19h57 Geral

Ex-namorado alfineta Emilly: "Quer passar imagem de coitadinha"

Kayke Almeida, ex-namorado da BBB, se defendeu da acusação de que teria abandonado a gaúcha quando ela descobriu a doença da mãe.

Kayke Almeida, ex-namorado de Emilly Araújo, do BBB 17, resolveu se pronunciar após a sister dizer que foi abandonada por seu ex quando descobriu que a mãe estava com câncer.

+ Emilly desabafa sobre fim de namoro fora do 'BBB17': "Me abandonou quando descobri que a mãe estava doente"

Em suas redes sociais, ele se defendeu. "Só quero deixar muito claro e esclarecer uma notícia mentirosa que saiu sobre minha pessoa e, devido a isso, venho recebendo críticas de pessoas mal-informadas. Nunca abandonei ninguém e muito menos deixer de dar apoio", afirmou. "Essa pessoa que fez essa falsa declaração passou o Natal em minha casa, com a minha família, enquanto a mãe já estava internada em estado grave. Fomos, eu e meus pais, que compramos uma passagem aérea para essa mesma pessoa para Porto Alegre no dia 25/12/2016. Inclusive foi preciso conversar com ela para convencê-la a ir ficar com a mãe, pois ela insistia em dizer que queria ficar em São Paulo. Naquele momento combinamos que ela iria ficar próxima da família e dar o suporte necessário. Depois, eu fui para lá dar apoio à ela e sua família. Terminamos nosso envolvimento na véspera de ela entrar no programa devido a outros problemas", escreveu ele. "Jamais abandonaria alguém por motivo de doença de quem quer que fosse. Se essa pessoa quer passar uma imagem de coitadinha, que não me envolva no meio e nem distorça os fatos", continuou.

Ele ainda ressaltou que seu relacionamento com Emilly durou apenas três meses. "E para ficar claro, terminamos nosso envolvimento de três meses, e nãp seis meses como ela disse, na véspera dela entrar no programa devido à outros problemas".

Fonte: UOL