Chapecó | 05.05.2020 | 17h45 Esportes

Estudo mostra maiores dívidas e capacidade de clubes pagarem

Nem todos os clubes brasileiros publicaram seus demonstrativos financeiros referentes a 2019 até o momento, como exige a legislação. Com base nas equipes que já divulgaram os números de suas finanças, a empresa Sports Value compilou aquelas que são as maiores dívidas do futebol nacional.

Ao todo, foram considerados 16 clubes, incluindo Corinthians e Cruzeiro, que ainda não anunciaram seus balanços – para o primeiro, foram usados números extraoficiais e para o segundo, uma projeção. Atlético-MG, Coritiba, Chapecoense e Vitória ficaram de fora da análise.

Segundo o estudo, as dívidas do futebol brasileiro que somavam R$ 6,9 bilhões em 2018 saltaram para R$ 7,3 bilhões em 2019 – novamente, sem todos os clubes incluídos. O maior aumento foi registrado no Corinthians, 40%, de R$ 476,6 milhões para R$ 665 milhões no último ano.

Ranking das dívidas de 2019
CLUBE 2019 (em milhões) 2018 Crescimento
Botafogo 822,6 783,9 5%
Internacional 794,3 726,3 9%
Corinthians 665 476,6 40%
Fluminense 642,5 629 2%
Vasco 638,7 622,5 3%
Cruzeiro 534 445 20%
Flamengo 511,5 411,8 24%
São Paulo 503,2 377,7 33%
Palmeiras 501,2 463 8%
Santos 441,7 445,9 -1%
Grêmio 410,4 411,9 0%
Athletico-PR 278,5 296,3 -6%
Bahia 224,2 205,4 9%
Goiás 49,9 45,1 11%
Fortaleza 25,1 24 4%
Ceará 14,3 12,6 14%
Fonte: Sports Value

Praticamente todas as equipes aumentaram sua dívida, sendo que São Paulo (33%), Flamengo (24%) e Cruzeiro (20%) tiveram o maior crescimento no intervalo de um ano, depois do Corinthians. As únicas exceções, entre os 16 times analisados, com reduções na dívida, foram Athletico-PR (-6%) e Santos (-1%). Já no Grêmio não houve alteração.

A publicação da Sports Value também traz um ranking com a relação dívida e receita registradas em 2019, o que ajuda a avaliar a capacidade de cada clube arcar com seus compromissos. Quanto menor esse índice, mais equilibrada está a situação financeira.

A menor relação dívida/receita é dos dois clubes cearenses, 0,15 do Cearáe 0,26 do Fortaleza. Já a maior é a do Botafogo, também o time mais endividado do Brasil, com R$ 822,6 milhões e uma relação de 3,85 com seu faturamento. Nesse quesito, as realidades de Vasco e Fluminense também são preocupantes.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: ESPN Esportes