Chapecó | 31.10.2019 | 06h49 Justiça

Empresa é multada por descumprir de contrato com município de Chapecó

O Município de Chapecó, atendeu uma requisição do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), e aplicou uma multa a um fornecedor de insumos hospitalares por atraso na entrega dos produtos.

A requisição foi feita pela 13ª Promotoria de Justiça da Comarca de Chapecó, com atuação na área da cidadania e direitos humanos, após apurar em inquérito civil irregularidades no fornecimento de sondas uretrais, o que estaria causando transtornos a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A empresa atrasou por 62 dias a entrega dos insumos, enquanto o contrato com o Município estabelece como tempo máximo 10 dias a partir do pedido. O atraso, aliado à má qualidade do produto, ocasionou na rescisão do contrato unilateralmente por iniciativa do Município. No entanto, não havia sido cobrada multa contratual pelo atraso na entrega.

O Promotor de Justiça Eduardo Sens dos Santos requisitou, então, que o Município cobrasse a multa contratual. Após o devido processo administrativo, o Município de Chapecó aplicou a sanção no valor de R$ 5.658,00.

"A vitória é importante porque pode ser replicada pelos demais municípios. Todos deveriam adotar a mesma providência sempre que um fornecedor deixar de honrar o prazo contratual. Isso na prática reduz as possibilidades de o cidadão se deparar com estoques zerados por falta no fornecimento, como é comum ocorrer", considera o Promotor de Justiça.

Fonte: Portal Aconteceu, com informações MPSC

15e11a4a 4455 4393 a049 85814d81c1bb