Chapecó | 15.12.2017 | 08h45 Economia

​ Dólar sobe após adiamento da votação da reforma da Previdência

Moeda subiu 0,62%, para R$ 3,3365, maior patamar desde 23 de junho.

Dólar fechou em alta nesta quinta-feira (14) após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciar que a votação da reforma da Previdência ficará para fevereiro de 2018, alimentando temores sobre as contas públicas e piora na classificação de risco do país. O dólar avançou 0,62%, a R$ 3,3365 na venda, maior patamar desde 23 de junho (R$ 3,339). Na máxima, a moeda norte-americana foi a R$ 3,3490.

Fonte: AU ONLINE