Chapecó | 27.12.2017 | 13h26 Política

Diretório do PT define cronograma de mobilizações para julgamento de Lula

Uma reunião ampliada do diretório estadual do PT, nesta quarta-feira, às 18h, em Porto Alegre, irá definir o cronograma de mobilizações que será colocado em prática até o dia 24 de janeiro, data do julgamento do recurso de Lula no caso do tríplex pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O ex-presidente foi condenado em primeira instância, pelo juiz Sérgio Moro, a nove anos e seis meses de prisão.

A intenção de dirigentes petistas é garantir mobilizações em capitais e cidades estratégicas em todo o país, com foco em Porto Alegre. As atividades, no entanto, terão início antes da data do julgamento. A avaliação é que não é possível influenciar o resultado do julgamento, mas que os atos terão papel essencial na mobilização de filiados, militantes e simpatizantes.

Além disto, há o objetivo de sustentar e reforçar perante a opinião pública em geral a narrativa de que Lula é uma vítima e enfrenta perseguição e seletividade de tratamento. Na reunião de hoje, estará presente o vice-presidente nacional do PT, o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, integrante da tendência Construindo um Novo Brasil, representante majoritária na executiva nacional, e dirigentes de outros estados.

As participações do próprio Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff no cronograma de mobilizações ainda estão sendo definidas. Somente no Rio Grande do Sul, já foram confeccionados mais de meio milhão de panfletos em defesa de Lula e com críticas às reformas Trabalhista e da Previdência.

Fonte: CORREIO DO POVO