São Miguel do Oeste | 09.11.2018 | 18h40 Geral

Detentos iniciam rebelião, após chegada de integrantes do PCC no Oeste

Na manhã desta sexta-feira (09), dois foragidos do sistema prisional foram recapturados e entregues na Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste. Os homens deram entrada na cadeia e enquanto passavam por procedimentos de revista, começaram a incitar os demais detentos na tentativa de gerar um motim entre os presos.

Conforme o gestor da Unidade, André de Oliveira, os dois homens que causaram a confusão se dizem integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Conforme informações, os dois homens começaram a chutar as portas da Unidade, momento em que outros presos, que não sabiam o que estava acontecendo, também começaram a ter a mesma reação.

Conforme o gestor, inicialmente os agentes do Deap realizaram procedimento de verbalização com os envolvidos, porém, a tentativa de iniciar uma rebelião continuou. Mais de 40 presos iniciaram a desordem dentro da Unidade.

Após uma conversa e não obtendo resultado positivo para que a confusão terminasse, foi necessário que os agentes entrassem nas celas e fizessem uso de gás de pimenta, gás lacrimogêneo e armamento calibre 12. A ordem foi rapidamente restabelecida.

Todos os detentos foram colocados no pátio da Unidade Prisional para que agentes pudessem realizar uma operação que averiguou as celas de forma minuciosa.

Os principais causadores da desordem foram identificados e deverão responder por motim

Fonte: WH Comunicações