Chapecó | 22.03.2019 | 10h30 Política

Deputado Fabiano da Luz cria Frente Parlamentar para aumentar segurança das barragens catarinenses

O rompimento da barragem de rejeitos de minério em Brumadinho/MG, em janeiro deste ano, acendeu um alerta em todo país sobre o risco oferecido por estas estruturas. Em Santa Catarina são 177 barragens construídas e mais 288 em fase de liberação, aprovação ou início de construção. Do total, pelo menos 44 oferecem algum risco. Das nove que são de rejeitos, sete tem certo grau de risco de rompimento, localizadas no sul de Santa Catarina.

As informações foram repassadas pelo deputado estadual Fabiano da Luz (PT), o qual propôs a criação da Frente Parlamentar pelos Direitos dos Atingidos por Barragens em Santa Catarina. Conforme o deputado, o objetivo é fazer uma analise mais aprofundada da real situação das barragens catarinenses e qual o risco que cada uma oferece.

A Frente Parlamentar promoverá uma força-tarefa, com apoio de movimentos sociais, técnicos do setor de Minas, Energias, Água e Solo, com visitas e vistorias em cada região do estado com barragens.

A Frente Parlamentar foi lançada na quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). O deputado explica que já no dia 3 de abril será realizada uma audiência pública em Florianópolis sobre o tema para em seguida iniciar o trabalho da Frente Parlamentar.

Foto: Eliézer Donhauser

Fonte: WH Comunicações