Chapecó | 23.10.2020 | 11h11 Saúde

Covid-19: Estudo mostra que fezes causaram surto em cidade da China

Um estudo publicado no periódico científico Clinical Infectious Diseases afirma que fezes contaminadas foram as responsáveis por um surto de covid-19 em Guangzhou, uma cidade densamente povoada da China, em abril deste ano.

A disseminação da doença ocorreu a partir de um vazamento de esgoto provocado pela ruptura de um cano no banheiro da casa de um casal infectado com covid-19. Isso fez com que o esgoto inundasse as ruas, contaminando a comunidade.

Durante o surto, os pesquisadores realizaram testes com 2.888 moradores da região. Foram coletadas também amostras de superfícies de dentro e fora das casas. Todos que apresentaram teste positivo foram colocados de quarentena.

O casal teria se infectado em um mercado onde ocorria um surto de covid-19. Os pesquisadores afirmam que, ao entrevistar moradores da região infectados, constararam que não haviam frequentado o mesmo mercado nem tinham estabelecido contato com o casal, reforçano a hipótese de outro meio de contaminação.

A ruptura no cano de 100 cm² levou o esgoto até a entrada de prédios vizinhos, onde foram registrados casos de covid-19.

Também foram analisadas a composição genética das amostras do novo coronavírus. Os cientistas descobriram que o vírus detectado no banheiro do casal era o mesmo na sola de sapatos e pneus de bicicleta da vizinhança.

Os autores do estudo ressaltam que ainda é preciso uma maior investigação para uma comprovação definitiva de que o esgoto foi responsável pelo surto, mas que a descoberta chama a atenção para a importância do saneamento adequado principalmente em áreas densamente povoadas.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: R7.COM