Chapecó | 11.01.2018 | 10h57 Polícia

Corpo de enfermeiro que estava desaparecido é encontrado um mês depois ao lado de seringas, diz polícia

Corpo de Everson José Cogiski, que tinha 38 anos, foi encontrado em Colombo, na quarta-feira (10); delegado disse que ele comentou sobre suicídio com familiares antes poucos dias antes de desaparecer.

O corpo do enfermeiro Everson José Cogiski, que estava desaparecido desde o dia 11 de dezembro, foi encontrado na manhã de quarta-feira (10) em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O delegado Erineu Sebastião Portes disse ao G1 que o corpo estava ao lado de várias seringas e que não descarta a possibilidade de suicídio.

"Também encontramos no local um frasco com um produto que ele teria injetado na veia", afirmou o delegado. Uma mochila com pertences pessoais, um crachá de identificação e uma aliança também estavam junto ao corpo, segundo ele.

O enfermeiro desapareceu no bairro Batel, em Curitiba, e tinha 38 anos.

Familiares do enfermeiro disseram em depoimento, ainda conforme o delegado, que Everson já tinha comentado sobre a intenção de suicídio com familiares e que estava com problemas conjugais alguns dias antes do desaparecimento.

"Então, claro, nós ainda estamos investigando todas as hipóteses, mas tudo indica que quando ele comentou isso já estava se preparando para cometer o suicídio", acrescentou Portes.

As investigações estão sendo feitas pela Delegacia de Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: G1