Concórdia | 25.05.2020 | 15h55 Saúde

Coronavírus: 338 funcionários testam positivo na BRF de Concórdia

A BRF informou que 93,4% dos 5.132 colaboradores e terceirizados da unidade de Concórdia retornam ao trabalho nesta segunda-feira (25), após resultado negativo em testes rápidos para a Covid-19. A testagem de 100% dos trabalhadores da unidade, realizada em atendimento à determinação da Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina, foi concluída no domingo, sem qualquer intercorrência.

Os 6,6% dos funcionários ou 338 pessoas que testaram positivo foram afastados preventivamente e submetidos ao teste RT-PCR, que tem por objetivo confirmar com mais assertividade o resultado. A Companhia irá receber os resultados do RT-PCR nos próximos dias. Vale ressaltar que nos procedimentos que estão sendo realizados em outras plantas da BRF, o RT-PCR tem confirmado apenas entre 10% e 18% dos casos apontados como positivos nos testes rápidos.

Os resultados positivos dos testes rápidos podem indicar presença de anticorpos (pessoas recuperadas), presença do vírus (mesmo em casos assintomáticos) ou falsos positivos, que podem surgir por reação cruzada com anticorpos de outros microrganismos (como parainfluenza, influenza A, influenza B, HIV, vírus da varicela, citomegalovírus, vírus do sarampo e da caxumba, entre outros). Por isso, os resultados positivos dos testes rápidos não indicam, necessariamente, que as pessoas tenham ou tiveram Covid-19, sendo então inicialmente considerados casos suspeitos.

A confirmação de possível infecção pela Covid-19 se dá com a realização de exame mais preciso (RT-PCR), que também está sendo realizado pela Companhia em suas unidades, inclusive em Concórdia, de acordo com recomendação da Anvisa. Enquanto aguarda o resultado do exame RT-PCR, a BRF está, preventivamente, afastando e orientando todos os colaboradores cujos testes venham a dar resultado positivo, portanto, considerados suspeitos.

De acordo com protocolo da empresa, os funcionários que apresentam e informam sintomas para a Companhia são afastados imediatamente de suas atividades. Esta ação reforça as medidas de proteção já adotadas pela BRF desde o início da pandemia e tem o objetivo de aperfeiçoar o processo de triagem e identificação de casos positivos e suspeitos entre os funcionários, que já era realizado por meio de busca ativa.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: Portal Aconteceu, com informações BRF