Porto Alegre | 18.07.2019 | 11h41 Esportes

Copa do Brasil: Grêmio x Athletico-PR e Cruzeiro x Inter farão as semis

A quarta-feira de futebol foi para ninguém botar defeito. Em quatro jogos com emoção do início ao fim, finalmente conhecemos os semifinalistas da competição: Grêmio, Cruzeiro, Athletico-PR e Internacional.

A CBF promete divulgar as datas e os mandos na segunda-feira (22). Enquanto o Grêmio enfrentará o Athletico-PR; o Cruzeiro, atual
bicampeão, pega o Internacional. A ordem dos duelos será definida através de sorteio.

Grêmio e Cruzeiro conseguiram a classificação mais cedo, já que suas partidas foram disputadas a partir das 19h30. O tricolor gaúcho foi até Salvador e venceu o Bahia por 1 a 0, graças a um belo gol do atacante Alisson, já no segundo tempo. Como o jogo de ida tinha terminado 1 a 1, o Grêmio acabou vencendo o confronto por 2 a 1.

Em Belo Horizonte, parecia barbada. Depois de vencer o Atlético-MG por 3 a 0 no jogo de ida, na última semana, o Cruzeiro entrou em campo no Estádio Independência com uma excelente vantagem. Porém, talvez por considerar que já estava virtualmente classificado, o time azul por pouco não se deu mal. Apesar de ter tido um gol anulado, viu o rival dominar a partida e vencer por 2 a 0, com gols de Cazares e Patric.

Já os jogos das 21h30, foram ainda mais quentes, com direito a decisões nos pênaltis nos dois confrontos. No Rio de Janeiro, o Flamengo vencia o Athletico-PR até a reta final da partida, graças a Gabigol. Levou o empate, em belo gol de Rony e, na marca da cal, foi muito mal, desperdiçando três cobranças, com Diego, Vitinho e Everton Ribeiro. Enquanto isso, seu rival perdeu apenas uma vez, com Bruno Nazário, vencendo o confronto por 4 a 1.

Já no Beira-Rio, o Internacional por pouco não garantiu a classificação ainda no tempo normal. Vencendo por 1 a 0, gol de Patrick, Cuesta cabeceou sem chances para Weverton já nos acréscimos da segunda etapa, mas o árbitro Rafael Traci viu falta do argentino em Felipe Melo e anulou o gol. Com isso, a decisão também foi para os pênaltis. E os gaúchos venceram por 5 a 4. Entre seus batedores, apenas Patrick desperdiçou. Já pelos paulistas, Gustavo Gómez e Moisés falharam.

Fonte: PORTAL R7