Chapecó | 30.03.2018 | 16h07 Mundo

Contrabandistas na China usavam drones para atravessar US$ 80 milhões em iPhones

Muitos produtos eletrônicos são vendidos muito mais baratos em Hong Kong do que na China. Como você pode imaginar, isso leva muitas pessoas a transportarem dispositivos de maneira ilegal entre os dois territórios para ganhar uma grana a mais. Em termos legislativos, estamos falando do clássico "contrabando".

São bem comuns os casos de alguns criminosos que levam algumas centenas de milhares de dólares em produtos de maneira ilegal de Hong Kong para a China, mas desta vez a coisa toda se superou. Isso porque foi descoberto que uma quadrilha usava drones para contrabandear iPhones pela fronteira dos territórios.
Quase US$ 80 milhões em iPhones, no caso.

De acordo com a Reuters, as autoridades prenderam 26 pessoas que usavam drones para voar cerca de 200 metros e transportar iPhones de Hong Kong para além da fiscalização aduaneira de Shenzhen. De acordo com investigações, até 15 mil aparelhos eram transportados em uma noite pelos bandidos. Acredita-se que eles já tenham sido responsáveis por US$ 79,8 milhões em contrabandos.

Sabe a parte irônica? Eles foram pegos porque a polícia da China usou drones para fiscalizar a fronteira.

Fonte: TECMUNDO