Chapecó | 12.05.2019 | 18h29 Esportes

Com maior público do campeonato, Flamengo vence a Chapecoense no Maracanã

Apoiado por mais de 61 mil torcedores, maior público do Campeonato Brasileiro até agora, o Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 1 no Maracanã, neste domingo (12), pela quarta rodada do Brasileirão. Os gols rubro-negros foram marcados por Vitinho e Lincoln, com Gum descontando para os catarinenses.

Com o resultado, o Flamengo chegou a sete pontos, na quinta colocação até agora. A Chapecoense, por sua vez, ficou com quatro pontos, no 12º lugar.

Pelo Brasileiro, ambas as equipes voltam a campo no próximo fim de semana - enquanto no sábado os cariocas visitam o Atlético-MG, a Chapecoense, no dia seguinte, recebe o Fortaleza. Antes, o Fla entra em campo na quarta-feira (15), pela Copa do Brasil, contra o Corinthians.

Graças a uma atuação bastante ofensiva desde o minuto inicial, O Flamengo abriu o marcador logo aos sete minutos. Trauco achou Vitinho, que mandou para o gol na saída do goleiro Tiepo e colocou o 1 a 0 no placar. Aos 14, o atacante teve nova oportunidade e a bola tirou tinta da trave.

Atrás do marcador, a Chapecoense aumentou a movimentação no meio de campo, criando alternativas de gol - como aos 31 minutos, em tentativa de Régis, e aos 38, em finalização de Everaldo. Antes do intervalo, um pênalti foi bem marcado em favor dos mandantes após Bruno Pacheco derrubar Lincoln, mas Diego foi para a cobrança e desperdiçou - em excelente defesa de Tiepo, inclusive no rebote.

Na volta para o segundo tempo, o Flamengo repetiu o expediente dos minutos iniciais da partida e pressionou pelo gol. E, mais uma vez, com sucesso: aos seis minutos, Berrío escorou para Ronaldo, que mandou para Lincoln, oportunista, estufar as redes, ampliando o placar ao 2 a 0. Mais festa da equipe da Gávea, com a cria da base quebrando um jejum de 14 partidas. Lincoln quase ampliou dez minutos depois, mas desta vez Tiepo evitou.

O 2 a 0 a favor no marcador, o Flamengo diminuiu o ritmo, dando mais espaços para a Chapecoense, que levou perigo aos 37 minutos com Rildo - obrigando o goleiro Diego Alves a fazer grande defesa, no reflexo.

Já nos acréscimos, aos 47, Gum descontou para os catarinenses, ganhando de Thuler após cobrança de escanteio.

A Chapecoense volta a campo no próximo domingo (19). Na Arena Condá, a equipe recebe o Fortaleza, às 16h, para partida válida pela quinta rodada do Brasileirão.

Foto: Paulo Sergio / Agencia F8/Lancepress/ Divulgação

Fonte: Associação Chapecoense de Futebol