Chapecó | 16.02.2021 | 11h11 Bombeiros

Cobra de 2 metros é encontrada dentro de motocicleta em SC

Uma cobra de cerca de 2 metros de comprimento foi encontrada dentro de uma motocicleta em Schroeder, no Norte catarinense. O animal foi identificado pelo dono do veículo que fez um vídeo e encaminhou para o Corpo de Bombeiros Voluntários solicitando ajuda. A serpente foi capturada e devolvida para seu habitat natural na sexta-feira (12). Ninguém se feriu.

De acordo com a corporação, a cobra é da espécie Caninana (Spilotes pullatus), considerada uma das maiores da Mata Atlântica. Apesar não ser venenosa, é considerada uma serpente brava. Quando se sente ameaçada, a caninana infla o pescoço e vibra a cauda para intimidar e enfrentar o predador.

O dono da moto encontrou o animal na churrasqueira da residência. O homem entrou em casa para pegar um objeto que seria utilizado para retirar a cobra do local, mas foi neste momento que ela se escondeu dentro do veículo.

A equipe demorou cerca de 15 minutos para encontrar a serpente dentro da moto. O tamanho do animal impressionou os agentes.

"Foi difícil encontrá-la. Somente quando tiramos o banco da moto é que vimos onde ela estava. Quando identificamos que era uma caninana ficamos mais tranquilos. Porque ela não é peçonhenta, como a jararaca ou a coral. Em seguida, conseguimos fazer a retirada com segurança", concluiu.

Segundo o bombeiro Marcelo Ferreira, atendimentos deste tipo aumentaram cerca de 50% em relação ao mesmo período do ano passado.

"Em função do calor e da chuva é comum esses animais aparecerem com mais frequência. Desde o começo do verão estamos atendendo de três a quatro ocorrências com animais peçonhentos na cidade", disse.
Os bombeiros podem ser acionados pelo telefone de emergência 193. Após o resgate, a serpente foi devolvida em uma área de mata distante de área urbana.

Dentro do motor do carro
Uma outra serpente foi encontrada no motor de um carro em Romelândia, no Oeste. O animal estava em uma oficina mecânica. Os bombeiros fizeram a captura da cobra e foi devolvida à natureza. De acordo com a corporação, ninguém se feriu.

O que fazer em caso de picada?

* Caso seja picado por uma cobra, não se deve amarrar o local. O torniquete pode aumentar o risco de necrosar o local e resultar até em amputação;
* não se deve cortar o local, fazer perfurações ou sucção;
* o local da picada deve ser lavado com água e sabão;
* a vítima deve ser levada o mais rápido possível ao hospital;
* é importante tentar identificar a serpente (pode ser por foto, se possível) pois isso facilitará para escolha do soro antiofídico a ser aplicado.

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO TELEGRAM

Fonte: G1 Santa Catarina