Chapecó | 08.07.2020 | 14h54 Saúde

Cientistas americanos criam filtro de ar capaz de destruir o coronavírus

Pesquisadores da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, criaram um filtro de ar capaz de prender e matar o coronavírus instantaneamente. O material, composto de uma espuma de níquel aquecida a 200°C, provou eliminar 99,8% dos micro-organismos responsáveis pela Covid-19.

O protótipo é aquecido usando a eletricidade. A ideia surgiu a partir da informação que o coronavírus pode ficar suspenso no ar por até três horas — nesta terça (7/7), a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu que esta é uma maneira de transmissão do vírus.

“Este filtro pode ser útil em aeroportos e aviões, prédios de escritórios, escolas e cruzeiros para parar a disseminação da doença. Sua habilidade de controle pode ser muito interessante para a sociedade”, afirma o professor Zhifeng Ren, responsável pelo projeto. Uma variação do filtro, para uso individual, também está sendo desenvolvida — a ideia é que fique em cima da mesa e proteja quem está sentado.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Fonte: METROPOLES.COM