Chapecó | 11.11.2019 | 11h02 Esportes

Chapecoense perde para o Grêmio e vê rebaixamento ficar mais perto

A Chapecoense perdeu para o Grêmio por 1 a 0 na noite deste domingo (10) na Arena Condá e está ficando cada vez mais longe de escapar do rebaixamento na Série A do Campeonato Brasileiro. Com a derrota, o time do Oeste segue na 19ª colocação com 22 pontos, 12 a menos do que o Fluminense - primeiro time fora da zona de rebaixamento. Faltam seis rodadas para o fim da competição.

O Grêmio começou o jogo surpreendendo o time da casa. Logo aos dois minutos de partida, Alisson cobrou o escanteio, a bola sobrou dentro da área e Luciano mandou de bicicleta para o fundo das redes do goleiro João Ricardo. Por pouco, o time gaúcho não marcou mais um gol dois minutos depois com Everton Cebolinha. O atacante acabou deixando a bola escapar antes de finalizar.

A Chapecoense criou poucas chances de gol, mas falhou nas finalizações, como aos 34 minutos no chute de primeira de Everaldo, e na tentativa de Camilo, aos 40. Os jogadores foram para o vestiário admitindo a falha no jogo de bola parada e prometendo o empate na etapa final.

A única mudança para o segundo tempo foi a saída do zagueiro Douglas, com uma lombalgia, para a entrada do meia Vini Locatelli. Mais uma vez a Chapecoense falhou nas finalizações e não conseguiu balançar as redes. Camilo até tentou uma finalização de fora da área aos 5 minutos, mas o chute foi no meio do gol.

Do outro lado, o Grêmio administrou a partida e respondeu com bons lances. Aos 8, Alisson cobrou falta no canto e João Ricardo precisou se esticar para fazer a defesa e mandar para escanteio. A última chance da Chapecoense foi aos 37 minutos, quando Kannemann afastou mal a bola e Everaldo finalizou para o gol, mas a bola bateu nas redes, pelo lado de fora.

A Chapecoense volta a campo no próximo fim de semana, mais uma vez diante do seu torcedor na Arena Condá. O adversário será o Ceará, que ocupa a 14ª colocação, com 36 pontos. O time cearense perdeu o clássico contra o Fortaleza neste domingo por 1 a 0.

Fonte: NSC total