Chapecó | 21.11.2017 | 07h09 Esportes

Chapecoense iguala melhor série histórica no Brasileirão

O gol de empate do Atlético-GO no final da partida, em Goiânia, no domingo, frustrou a torcida da Chapecoense que já começava a pensar em Libertadores. Mas o empate foi o oitavo jogo sem derrota do time, o que iguala a melhor série histórica do clube, obtida em 2015.

A série invicta começou no dia 18 de outubro, na vitória por 3 a 2 diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte, primeiro jogo após a contratação de Gilson Kleina. Naquela partida, o treinador assistiu da arquibancada, mas já orientou o interino Emerson Cris a mudar o esquema de jogo, do 4-3-3 para o 4-4-2.

Kleina disse que queria um time equilibrado. E procurou repetir a escalação nas partidas, o que deu consistência ao time e garantiu a pontuação necessária para fugir da zona de rebaixamento. Com 48 pontos, o time agora tenta garantir vaga na Sul-Americana.

A trajetória de Kleina é parecida com a de Guto Ferreira, em 2015. Ambos substituíram Vinícius Eutrópio, embora antes de Kleina houvesse a interinidade de Emerson Cris, e ambos comandaram a Ponte Preta antes de assinar com o time catarinense.

A diferença é que Guto Ferreira patinou nos primeiros jogos, empatando com o São Paulo e perdendo para Sport e Cruzeiro. Somente a partir dos 5 a 1 contra o Palmeiras o time deslanchou e garantiu a pontuação para escapar do rebaixamento. Naquele ano somou 47 pontos e obteve vaga para a Sul-Americana, onde ficaria campeão no ano seguinte, embora de forma trágica.

Agora o técnico Gilson Kleina terá a oportunidade de bater essa marca no próximo domingo, a partir das 19h, contra o Bahia, na Fonte Nova.

A Chapecoense está na 12ª colocação no campeonato e as vagas para a Sul-Americana são até o 13º colocado. Que pode ir até o 15º caso o Grêmio vença a Libertadores e Flamengo fique com o título da Sul-Americana. Neste caso o Verdão até teria chance de beliscar a Libertadores, que passaria de sete para nove vagas. São dois pontos de diferença para Atlético-MG e Vasco, oitavo e nono colocados, com 50 pontos.

Série invicta de 2016
Atlético-MG 2 x 3 Chapecoense
Chapecoense 2 x 0 Fluminense
Atlético-PR 0 x 0 Chapecoense
Chapecoense 1 x 1 Sport
São Paulo 2 x 2 Chapecoense
Chapecoense 2 x 0 Santos
Chapecoense 2 x 1 Vitória
Atlético-GO 1 x 1 Chapecoense

Série invicta de 2015
Chapecoense 5 x 1 Palmeiras
Vasco da Gama 1 x 1 Chapecoense
Grêmio 2 x 3 Chapecoense
Chapecoense 0 x 0 Avaí
Chapecoense 0 x 0 Atlético-PR
Fluminense 2 x 3 Chapecoense
Chapecoense 1 x 0 Internacional
Figueirense 0 x 0 Chapecoense

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE