Chapecó | 16.08.2019 | 16h41 Esportes

Chapecoense e Avaí vivem momentos semelhantes dentro e fora de campo

Chapecoense e Avaí voltarão a se encontrar neste domingo (18), pela primeira vez após a final do Campeonato Catarinense, e vivendo momentos semelhantes dentro e fora de campo. A bola rola às 19h, na Arena Condá, em partida válida pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Além de passar por uma seca de 17 jogos sem vitórias, o Avaí segue na última colocação do Campeonato Brasileiro, com apenas seis pontos conquistados – todos por empates. A última vitória do Avaí foi justamente em cima da Chapecoense, no dia 7 de abril deste ano, ainda pelo Catarinense.

O momento da Chapecoense na tabela também não agrada ao torcedor do Verdão do Oeste. A equipe passa por um jejum de oito jogos sem ganhar na Série A, além do empate sem gols no amistoso contra o Operário (PR). A Chape está na 18ª posição, com dez pontos e, assim como o Avaí, segue na zona de rebaixamento.

Troca no comando da equipe

O Avaí trocou de treinador antes da parada para a Copa América. O veterano Geninho deixou a equipe com quatro pontos em nove jogos. Seu sucessor, Alberto Valentim, foi anunciado no dia 18 de junho.

Porém, os resultados do novo comandante não agradam. Em cinco jogos sob o comando de Valentim, o Avaí empatou duas e perdeu quatro partidas, e segue amargando a última colocação do campeonato.

Contratado no fim de março deste ano, Ney Franco foi demitido pela Chapecoense após sofrer uma goleada de 4 a 0 para o São Paulo no dia 22 de julho. Ney Franco comandou a Chape em 18 oportunidade e conquistou apenas cinco vitórias, quatro empates e nove derrotas.

Venda de mando de campo

Virou comum entre equipes com menor poderio financeiro vender seus mandos de campos para equilibrar os cofres. A Chapecoense avalia vender o seu mando de campo das partidas contra o Flamengo, no dia 6 de outubro, e contra o Corinthians, no dia 25 de setembro. A definição sobre o assunto vai acontecer em reunião do Conselho Deliberativo do clube no dia 19 de agosto.

O assunto também é alvo dos boatos entre os torcedores avaianos. O mando de campo contra o Flamengo, no dia sete de setembro, seria o alvo da suposta venda. Mas, em resposta ao colunista Fábio Machado, o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, falou que não há chances da venda acontecer.

Fonte: ND +