Chapecó | 02.10.2017 | 10h22 Bombeiros

Carro cai em ribanceira e homem fica preso por 14 horas em Blumenau

Um homem não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital após ficar preso por aproximadamente 14 horas entre o carro dele e um barranco na localidade do Faxinal do Bepe, entre Blumenau e Indaial. Evilásio Miliorini de 42 anos, dirigia um automóvel Clio de cor prata, com placas de Blumenau, que segundo informações do Corpo de Bombeiros de Blumenau caiu em uma ribanceira de aproximadamente 50 metros de altura.

O automóvel caiu em um córrego e, ainda conforme os bombeiros, o homem teria ficado preso, pela região da cintura, entre o carro e o barranco. Os bombeiros foram acionados por volta das 16h20min desse sábado para o atendimento da ocorrência e o homem teria caído na ribanceira por volta das 2h da madrugada. O resgate exigiu apoio da equipe do helicóptero Arcanjo 03, por se tratar de local de difícil acesso.

O homem foi encontrado consciente, mas com suspeita de fratura na bacia, hipotermia e hemorragia interna. Ele foi retirado do local com ajuda de cabos, manobras de rapel e de uma maca tipo envelope. Foram quase duas horas de operação até a retirada do carro e quase cinco até a chegada ao hospital, já na noite do sábado. Ele recebeu atendimento do Samu ao longo do resgate e foi conduzido ao Hospital Santo
Antônio.

Atualização: Nas redes sociais familiares de Evilásio confirmaram na manhã deste domingo que ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no hospital. A reportagem contatou a assessoria do hospital. Segundo os familiares o velório está sendo realizado na Capela da Rua Emílio Tallmann, no bairro Progresso, desde as 8h30min deste domingo e o enterre ocorre às 16h30min no cemitério do bairro Progresso.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE