Chapecó | 08.02.2017 | 17h22 Geral

Brady diz que Gisele pediu que ele se aposentasse após Super Bowl

"Lamento, amor, estou me divertindo demais neste momento", respondeu o quarterback do Patriots à modelo brasileira.

Se Tom Brady fizesse tudo que Gisele Bündchen pede, o quarterback do New England Patriots teria encerrado a carreira depois de quebrar uma série de recordes na conquista de seu quinto Super Bowl, a final da liga de futebol americano.

Brady disse à rádio SiriusXM NFL que Gisele, com quem é casado há oito anos, pediu que ele se aposentasse depois de conduzir o Patriots em uma virada histórica para derrotar o Atlanta Falcons por 34 a 28 na decisão da NFL.

"Se dependesse da minha esposa, ela me faria me aposentar hoje. Ela me disse isso naquela noite (de domingo) três vezes", disse Brady, de 39 anos, em uma entrevista na segunda-feira. "E eu disse 'lamento, amor, estou me divertindo demais neste momento'".

Brady quebrou um recorde do Super Bowl com 466 jardas lançadas, além de completar dois passes para touchdown, ajudando o Patriots a reverter uma diferença de 25 pontos, o que lhe rendeu seu quarto prêmio de melhor jogador do Super Bowl, outro recorde.

O jogador fará 40 anos em agosto, e disse que gostaria de jogar até os 45.

Brady não disputou os quatro primeiros jogos da temporada de 2016 por causa de uma suspensão, mas mesmo assim encerrou o campeonato com um total de 3.554 jardas, 28 touchdowns e só duas interceptações.

Sua proporção entre touchdowns e interceptações foi a melhor da história da NFL, e Brady ficou em segundo na disputa de Jogador Mais Valioso da temporada regular da NFL, só atrás do quarterback do Falcons, Matt Ryan.

"Sabe, sinto que ainda consigo fazer isso", acrescentou Brady. "Se você ama o que faz e é capaz de fazê-lo, eu ficaria muito entediado se não fosse jogar sabendo que ainda consigo. Então vou trabalhar duro para estar pronto para isso, e ainda planejo continuar jogando por muito tempo".

Fonte: BAND