Coronel Freitas | 04.01.2019 | 13h27 Polícia

ATUALIZAÇÃO: Bandido fingindo ser cadeirante assalta agência do Sicredi de Coronel Freitas

A agência do banco Sicredi de Coronel Freitas foi assaltada na manhã desta sexta-feira (04) por dois bandidos. Um deles estava mascarado e o outro fingindo ser cadeirante.

As vítimas relataram, que dois homens chegaram na agência com uma cadeira de rodas, momento que o segurança abriu a porta para que entrassem, e foi rendido. Foi levado a arma do segurança, um revólver, calibre .38, e uma certa quantidade em dinheiro que não foi contabilizado. Após pegarem o dinheiro exigiram a chave do carro de um dos funcionários, um Ford Fiesta placas MHF 3761. Após a ação na unidade os bandidos saíram pela Av. Santa Catarina em direção a Chapecó.

Enquanto a guarnição colhia informações, o veículo levado foi encontrado pela PM abandonado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, bairro Três Palmeiras em Coronel Freitas.

Os bandidos que efetuaram o roubo tinham as seguintes características; um deles vestia um moletom vermelho, calça jeans, aproximadamente 1,70 m de altura, moreno escuro, boné escuro. Já o outro vestia moletom azul, calça jeans, coturno amarelo e boné escuro com máscara cirúrgica, aproximadamente 1,80 m de altura.

Segundo informações colhidas pela reportagem do Portal Aconteceu que esteve no local, por volta das 11h20, os suspeitos estavam em um bar da cidade bebendo, o proprietário percebeu a atitude suspeita porém não conseguiu acionar a PM a tempo de evitar a ação. Além dos dois agentes, uma mulher estaria junto com os suspeitos em um veículo, que possivelmente foi utilizado para a fuga dos mesmos após a ação.

A instituição financeira se pronunciou:

"Em relação ao assalto ocorrido na manhã desta sexta-feira, 04 de janeiro de 2019, na agência de Coronel Freitas (SC), o Sicredi informa que não houve feridos. A instituição financeira cooperativa lamenta o episódio e informa que está colaborando com as autoridades, concedendo as informações que se fizerem necessárias.

Informamos, ainda, que o Sicredi não realiza a divulgação de valores furtados, roubados, extraviados ou perdidos, em quaisquer situações que se apresentem. Esta postura está em acordo com protocolos de segurança seguidas por todas as instituições integrantes do SFN (Sistema Financeiro Nacional).

Por fim, cabe ressaltar que a segurança dos associados e dos colaboradores são prioridades para a instituição."

Foto: Paco Barreto/Portal Aconteceu

Fonte: PORTAL ACONTECEU