Florianópolis | 12.04.2018 | 08h16 Esportes

Avaí empata em casa pela Copa do Brasil

Avaí e o Goiás realizaram uma grande partida na noite desta quarta-feira (11), quando o placar final na Ressacada ficou em 2 a 2. A disputa foi válida pela partida de ida da 4ª fase da Copa do Brasil 2018. Os gols foram anotados por Romulo e Rodrigão, para o Avaí, e por Breno e Júnior Viçosa, para o Goiás.

O time de Santa Catarina iniciou o confronto em busca do gol. Logo aos 3 minutos, após cruzamento na área pela esquerda, Renato cabeceou forte no canto esquerdo do gol de Marcelo Rangel, mas a bola foi na trave e saiu.

Na sequência, aos 4 minutos, um lance bastante polêmico. Depois de uma cobrança de escanteio, Romulo subiu mais alto e balançou a rede, mas a arbitragem anulou o gol assinalando uma falta no goleiro, falta esta que não aconteceu. Foi o próprio jogador do Goiás (10- Giovanni), quem deslocou o defensor.

Aos 14 minutos, Judson teve mais uma grande oportunidade, quando chutou de longa distância, assustando o goleiro Marcelo Rangel, que fez uma difícil defesa.

O Goiás chegou com grade perigo aos 20 minutos, em jogada individual de Caíque Sá. Ele fez uma pintura. Depois de arrancar do seu campo, passou pelos marcadores e invadiu a área para finalizar forte, mas para fora.

Aos 26, mais uma vez Carlos Eduardo teve a chance, mas Aranha fez uma importante defesa para o Avaí.
Já nos minutos finais da etapa inicial, Judson, aos 44, recebeu na entrada da área e chutou firme, mas o goleiro Marcelo Rangel foi na bola e fez a defesa.

Na etapa final, aos 4 minutos, mais uma bola na trave, porém desta vez do Goiás. Carlos Eduardo chutou de fora da área, a bola desviou na marcação e foi explodir no travessão do goleiro Aranha.
Nos minutos iniciais, o Goiás imprimiu um futebol mais ofensivo do que a etapa inicial. O Avaí, por sua vez, não deixou de criar.

Aos 8 minutos Romulo recebeu, tirou do marcador e chutou em gol. A bola tirou tinta da trave do goleiro Marcelo Rangel, que apenas viu ela sair pela linha de fundo.
Aos 17 minutos, Claudinei Oliveira promoveu a primeira substituição, tirando André Moritz para a entrada de Marquinhos.
Na sequência, aos 22, mais duas alterações na equipe. Saíram Renato e Beltrán, para as entradas de Maurício e Rodrigão.

Aos 26, o Marquinhos cobrou falta levantando a bola na área. Rodrigão cabeceou, mas o goleiro fez a defesa.

O Goiás chegou ao seu gol aos 28 minutos. Depois de cobrança de falta, Rafinha pegou o rebote e tocou para Breno dominar dentro da área e chutar na saída do goleiro Aranha, que não conseguiu fazer a defesa. 1 a 0 para o Goiás.

O Avaí chegou ao empate aos 42 minutos, quando Rômulo aproveito a sobra na área, tirou dos defensores e chutou em gol para igualar o placar. 1 a 1.

Dois minutos depois, aos 44, a torcida ainda festejava quando Júnior Viçosa fez 2 a 1.

O Avaí não se deixou abater e Rodrigão fez para o Avaí, já aos 48 minutos fechando o placar em 2 a 2, deixando o Avaí mais do que vivo para a partida de volta.

JOGO DE VOLTA
O jogo de volta será no dia 18 de abril, às 19h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO. Em caso de um novo empate, a vaga para a próxima fase da competição será decidida em cobranças de penalidades máximas.

PRÓXIMO COMPROMISSO
Será pela estreia do Campeonato Brasileiro da Série B 2018.
O Avaí enfrentará o Vila Nova-GO, às 16h30 do dia 14 (sábado), também no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO.

FICHA-TÉCNICA
Jogo: Avaí 2×2 Goiás-GO
Competição: Copa do Brasil
Data: 11/04/2018 – Hora: 19h30
Estádio: Ressacada – Local: Florianópolis-SC

ARBITRAGEM
ÁRBITRO: Bruno Arleu de Araujo – RJ (CBF)
ÁRBITRO ASSISTENTE 01: Luiz Claudio Regazone – RJ (CBF)
ÁRBITRO ASSISTENTE 02: Thiago Henrique Neto Correa Farinha – RJ (CBF)
QUARTO ÁRBITRO: Alexandre Vargas Tavares de Jesus – RJ (CBF)
ANALISTA DE CAMPO: Raimundo Nonato Lopo de Abreu – DF (CBF)

PÚBLICO E RENDA
VENDA DE INGRESSOS: 2.476
RENDA DOS INGRESSOS: R$ 49.460,00
TOTAL DE SÓCIOS: 5.114
RENDA SÓCIOS: R$ 102.280,00
PÚBLICO NÃO PAGANTE: 67
PÚBLICO TOTAL: 7.657
RENDA TOTAL: R$ 151.740,00

ESCALAÇÃO DO AVAÍ
Aranha, Guga, Fagner Alemão, Betão e João Paulo; Luan, Judson, Renato (Maurinho) e André Moritz (Marquinhos); Beltrán (Rodrigão) e Romulo
TÉCNICO: Claudinei Oliveira.

ESCALAÇÃO DO GOIÁS
Marcelo Rangel; Caíque Sá, David Duarte, Eduardo Brock e Breno; João Afonso, Pedro Bambu e Giovanni (Léo Sena); Carlos Eduardo (Michael), Júnior Viçosa e Maranhão (Rafinha)
TÉCNICO: Hélio dos Anjos

GOLS
AVAÍ: Rômulo, aos 42`2T e Rodrigão, aos 48`2T
GOIÁS: Breno, aos 28`2T e Júnior Viçosa, aos 44`2T

CARTÕES AMARELOS
AVAÍ: Betão e João Paulo
GOIÁS: Caíque Sá, Caíque Sá e Carlos Eduardo

Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA