Chapecó | 09.12.2016 | 07h56 Geral

Auditor diz não ter encontrado elementos suficientes de violação às regras. Inter recorrerá da decisão

A quinta-feira apresentou uma notícia ruim para o Inter. Apesar dos esforços do departamento jurídico e a revelação de e-mails que comprovavam uma orientação da CBF ao Vitória na inscrição do zagueiro Victor Ramos, a procuradoria do STJD decidiu arquivar a denúncia oferecida pelo clube gaúcho.

Na decisão, o auditor Glauber Navega Guadelupe, vice-procurador-geral, não há "elementos suficientes para comprovação de violação as regras disciplinares nacionais" (sic).

O departamento jurídico do Inter informou que recorrerá da decisão. Uma nota deverá ser publicada no site do clube. Na visão colorada, "a decisão reflete apenas um lamentável equívoco jurídico contra e excelente direito nosso calcado em provas".

Fonte: WH Comunicações