Tunápolis | 20.02.2020 | 08h56 Geral

Agricultor captura Jararacuçu de 1,2 m no Oeste, segunda maior espécie do Brasil

Uma serpente de uma espécie muito difícil de ser vista em nossa região, foi capturada na manhã desta quarta-feira (19), no interior de Tunápolis.

A Polícia Militar Ambiental (PMA) foi acionada por um agricultor de linha Raigão Baixo, que teria realizado a captura da serpente, uma Jararacuçu (Bothrops jararacússu), com aproximadamente 1,2 metros.

De acordo com a PMA, na fase adulta, serpentes dessa espécie podem atingir 2,2 metros, sendo considerada a segunda maior espécie de serpente peçonhenta do Brasil.

Além disso é a serpente brasileira com maior capacidade de produção de veneno. Quando pica, ela injeta grande quantidade de veneno com suas presas que medem aproximadamente 2,5 centímetros.

A PMA destaca que durante o verão, estação mais quente, as aparições de serpentes ocorrem com mais frequência, assim é muito importante manter os jardins e arredores das residências limpos, sem acúmulos de galhos e entulhos, locais que podem servir de abrigos para esses animais.

Caso ocorra de se deparar com uma serpente não tente capturá-la, evitando assim possíveis acidentes com esses animais.

É importante lembrar que serpentes possuem importante papel ecológico no ecossistema, como predadoras de topo, controlando a população de roedores. Na saúde e pesquisa, seu veneno tem sido utilizado para estudos e produção de medicamentos, soros e vacinas. Por conta disso é fundamental a preservação destas espécies.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

CLIQUE AQUI E SIGA O PORTAL ACONTECEU NO INSTAGRAM

Fonte: Portal Aconteceu, com informações PMA