Chapecó | 07.10.2019 | 14h58 Trânsito

Acidentes deixam ao menos 12 mortos nas estradas de SC

Ao menos 12 pessoas morreram em acidentes nas estradas catarinenses entre sábado (5) e está segunda-feira (7). Foram nove mortes em rodovias federais, uma em rodovia estadual e pelo menos duas em estrada municipal.

A maior parte dos acidentes foram em colisões frontais. A orientação, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), é que os motoristas ultrapassem apenas em locais seguros.

"Somente ultrapassar quando tiver certeza da segurança da manobra e quando a pista estiver molhada, reduzir a velocidade e aumentar a distância entre o veículo que segue à frente", complementa o inspetor da PRF, Adriano Fiamoncini.

Oeste
No Oeste catarinense, uma mulher de 49 anos morreu e três pessoas ficaram feridas em uma colisão frontal entre dois carros na BR-282 na manhã desta segunda em Faxinal dos Guedes.

O acidente ocorreu por volta das 5h no km 490. De acordo com a PRF, no Pálio com placas de Herval do Oeste estavam o motorista, de 47 anos, um passageiro de 18 e a passageira de 49 anos. Ela morreu no local e os dois homens sofreram ferimentos leves. No outro veículo, um Pampa de Xavantina, estava o condutor de 28 anos, que também teve ferimentos leves. As circunstâncias do acidente não foram divulgadas.

Também na BR-282 no Oeste catarinense, uma pessoa morreu e 12 ficaram feridas em um acidente envolvendo seis carros em Nova Erechim no domingo (6). A colisão frontal ocorreu por volta das 17h no km 562.2 da rodovia.

A vítima fatal estava em um Onix de Chapecó. A idade não foi divulgada. Segundo a PRF, junto dela estavam outras três pessoas que sofreram ferimentos graves. Em um Fiesta de Itapiranga estavam duas pessoas que também sofreram ferimentos graves. Nos outros quatro veículos estavam 11 pessoas, sendo que sete tiveram ferimentos leves e quatro não se feriram.

Ainda na BR-282, no trecho de Águas Mornas, na Grande Florianópolis, um homem de 44 anos morreu e quatro pessoas ficaram feridas em outro acidente envolvendo seis veículos. A colisão lateral seguida de batida frontal ocorreu no km 49 da rodovia por volta das 15h de domingo.

A vítima estava em uma Ranger junto de uma mulher de 33 anos e duas crianças, de 10 e 3 anos. Todos os três sofreram ferimentos graves. Nos outros cinco veículos estavam seis pessoas, uma sofreu ferimentos leves e as demais saíram ilesas.

Vale do Itajaí
Já na BR-470, no Vale do Itajaí, três pessoas morreram em colisões frontais na tarde de domingo. Em Agronômica, o motorista de 48 anos morreu após o Meriva que conduzia bater em um Astra no km 153,7 da rodovia por volta das 18h. No segundo carro, uma passageira de 43 anos também morreu e outras dois ocupantes ficaram gravemente feridos.

Já em Ibirama uma mulher de 51 anos morreu quando a Pajero que conduzia colidiu de frente em um caminhão com placas de Gaspar. Ele estava sozinho no carro. O acidente foi registrado pela PRF no km 121 às 14h20. Os três ocupantes do caminhão ficaram feridos.

Acidentes no sábado
No Vale, dois adolescentes de 17 anos morreram após o carro em que estavam cair em uma ribanceira e pegar fogo. O acidente foi na noite de sábado.

Na mesma região, em Presidente Getúlio, um motociclista de 20 anos morreu após colidir em um Gol na noite de sábado na SC-340 por volta das 20h30. Os bombeiros chegaram a prestar socorro, mas o condutor da moto morreu ainda no local. Os dois ocupantes do Gol não se feriram.

Ainda no sábado, outras três pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais de Santa Catarina. Na Serra, uma idosa de 67 anos morreu na colisão frontal entre dois carros na BR-282 em Lages, próximo das 21h. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

Já no Vale, em Rio do Sul, um de 31 anos morreu e uma pessoa se feriu quando o carro em que estavam colidiu de frente em uma caminhonete por volta das 17h30. De acordo com a PRF, o condutor da caminhonete não se feriu.

Em São José na Grande Florianópolis, um homem de 46 anos morreu após ser atropelado por um caminhão na BR-101 no sentido Sul, por volta das 10h. A PRF não divulgou detalhes sobre a circunstâncias dos acidentes.

Fonte: G1 Santa Catarina