Chapecó | 09.04.2018 | 21h57 Mundo

Acidente com ônibus escolar deixa 27 crianças mortas na Índia

Um grave acidente com um ônibus escolar matou pelo menos 23 crianças e 4 adultos no distrito de Kangra, província de Himachal Pradesh, no norte da Índia, na tarde desta segunda-feira (9).

Segundo testemunhas, o motorista dirigia em alta velocidade quando perdeu o controle. O veículo capotou pela encosta da montanha por cerca de 100 metros. O local do acidente fica no pé da cordilheira do Himalaia, a cerca de 500 quilômetros da capital, Nova Delhi.

Vítimas

O ônibus fazia o transporte de uma escola particular na região. Além dos 23 alunos, com idades entre 5 e 14 anos, também morreram no acidente o motorista, dois professores e uma mulher que tinha pedido uma carona no veículo.

O número de vítimas fatais, no entanto, ainda pode aumentar. Outras 11 crianças ficaram feridas na queda e foram levadas para hospitais da região, pelo menos três em estado grave. Foi o acidente mais grave dos últimos anos na região.

A polícia da Índia abriu investigação contra o motorista, Madan Lal, ex-soldado do exército indiano, por direção imprudente e por matar por negligência, mesmo estando morto. Segundo representantes da escola, o ônibus estava com a revisão em dia e não apresentava defeitos.

Comoção

O presidente da Índia, Ram Nath Kovind, lamentou o acidente pelo Twitter e mandou condolências às famílias das vítimas.

"Extremamente triste por saber do trágico acidente com o ônibus escolar em Kangra, Himachal Pradesh. Meus pensamentos e orações estão com as famílias em luto e com os feridos", publicou a conta oficial da presidência indiana, em nome de Kovind.

Com estradas em más condições e repletas de curvas, regiões montanhosas como Himashal Pradesh costumam ter acidentes graves, causados também pela imprudência dos motoristas.

Fonte: R7